Sinapses Comportamentais

Todos os textos são de autoria de Joanilson Rodrigues, fique livre para copiá-los desde que sempre cite o autor (Joanilson Rodrigues)e a fonte (www.comunidadegileade.wordpress.com).

__________________________________________________

Amados irmãos. Temos a alegria de compartilhar com vocês um estudo sobre Sinapses Comportamentais, ministrado em nossa Comunidade.

Este estudo é baseado no livro de Efésios Capítulo 4:17 até 5:20, está em em áudio MP3 que também pode ser ouvido clicando aqui.

Sinapses Comportamentais . Efésios 4 e 5

Estudo de Joanilson Rodrigues

Porque imitamos e temos a capacidade de imitar ?

Somos capazes de aprender somente porque temos a capacidade de imitar desde a nossa infância. As crianças imitam a fala para aprender o idioma de onde nasceram, por exemplo. Imitamos vozes, trejeitos, empunhaduras, as danças, o andar, etc.

A criança, para aprender a ler, precisa automatizar primeiramente o conhecimento das letras, depois das sílabas e quando por fim, aprende a ler, ela é capaz de se emocionar com um texto e não mais se detém no mero significado restrito das letras.

Quando repetimos um gesto por muitas vezes, criamos uma Sinapse, ou seja, o cérebro cria uma automação daquele gesto, comportamento ou aprendizado.

Essa repetição cria uma mania. E quem tem mania, torna-se maníaco em algum grau. Essa definição pode chocar-nos porque o termo maníaco é sempre usado no sentido pejorativo e, no meio médico, aplicado somente a desvios comportamentais mais graves, mas nesse estudo, vamos chamar assim a toda repetição que cria em nós uma mania.

Interpretação das Sinapses Comportamentais descritas no texto bíblico de Efésios 4:17 até 5:20

Ira: quando podemos nos irar? Podemos ou não podemos fazer isso. A nossa humanidade mostra o que são sentimentos e reações natas e próprias de nossa humanidade. O jogador de futebol Kaká se irou durante o Jogo entre Brasil e Costa do Marfim na Copa do mundo de Futebol de 2010 . Sua ira lhe custou a expulsão do jogo. Muitos não-crentes quiseram criticá-lo dizendo que um cristão “não pode se irar jamais”. Essa é certamente uma visão equivocada sobre o que é ser cristão realmente.

A Ataraxia (Conceito grego de “imperturbabilidade da alma diante do sofrimento”) não é doutrina Cristã, embora, sem saber, muitas religiosos acabam apregoando esta heresia porque ela parece caber no esteriótipo do cristão que nunca se irrita ou que tem, em algum grau, o chamado “sangue de barata”. Jesus nos ensinou que se alguém bater em nossa face, devemos oferecer a outra e se falarem mal de nós, devemos bendizer o maledicente.

 No entanto, Jesus era humano também e, em sua humanidade, não estava desprovido de sentimentos ou imune à tristeza ou à ira. Ele chorou quando Lázaro morreu. Chorou também por causa de Jerusalém. Jesus agiu com ira contra os vendilhões do templo.

Luto: É aquele tempo de “pesar” por alguma perda. Precisamos vivenciá-lo em muitas frustrações em nossa vida, mas não podemos deixar a tristeza que ele nos traz se transformar em melancolia, pois ela pode nos matar. Nós vivemos o luto, não somente quando perdemos um ente querido, mas quando findam relacionamentos (profissionais ou afetivos),  pois toda separação é com certeza dolorosa; Quando perdemos um trabalho (muito mais do que um “simples” emprego) que é algo que fazemos porque amamos e não porque recebemos, novamente vamos vivenciar o luto; Quando escolhemos uma profissão deixando outra que amávamos…Vivamos os dias do luto, porque depois dele teremos a vida. O rei Davi, clamou ao senhor para que seu bebê vivesse. Se vestiu de saco, não fez a barba, jejuou e chorou por vários dias, depois da morte precoce de seu filho, se recompôs, se lavou e mudou seu semblante… Os dias de luto já haviam se passado e de nada valeria ele permanecer no estado de dor.

Rancor: É a lembrança contínua de um fato ou uma seqüência de fatos que nos contrariaram ou feriram a nossa alma em algum grau. Conforme mantemos e repetimos esse sentimento, criamos uma Sinapse  através da qual o corpo automatizará as tensões e contrações musculares típicas de uma luta ou batalha, contraindo os órgãos internos e lesionandogradativamente o nosso corpo por causa da falta de perdão. É provocado por uma mágoa que não se dilui com o tempo, é um sentimento que contrai o estômago e o intestino, alterando a maneira como eles trabalham gerando gastrite, úlceras e outras enfermidades físicas, já que esses órgão possuem movimentos de contração (Peristáltico – antiperistáltico).

O perdão fará bem a você antes de fazer bem ao outro.

É necessário perdoar, não para beneficiar ao outro, mas primeiramente a si mesmo. O perdão é necessário para se eliminar essa Sinapse que nos destrói lentamente pois provoca em nós uma repetição funesta, que nos é totalmente desnecessária para o nosso bem estar.

É necessário nos submeter a Deus para que as suas Sinapses nos dominem e nos orientem.  No entanto, não queremos nos submeter a essa idéia de conceder o perdão porque acreditamos erroneamente que vamos beneficiar o outro com essa concessão. Consequentemente, ao não nos submetemos aos preceito de Deus, mostramos insubmissão aos seus mandamentos e conseqüentemente nos fechamos ao caminho da vida.

Segundo o Livro de Romanos, Quatro são os símbolos de submissão à autoridade de Deus dando a quem de direito as seguintes ministrações: o respeito, a honra, o tributo e o imposto.

Renovação do entendimento deixando o passado: Deve ser como uma cobra que troca a sua pele. A Renovação da nossa mente vai nos livrar da pele espiritual do rancor e criar nova Sinapse de perdão.

Nossa mente é capaz de se lembrar com muito mais poder de fatos que nos feriram do que dos que nos alegraram. Uma pessoa é capaz de se lembrar de um fato negativo marcante que aconteceu há 50 anos como se ele tivesse ocorrido ontem.

O Controle da Boca (Controle das palavras proferidas): a Boca tem grande poder espiritual sobre as nossas vidas.

Quando é o momento certo de dizer o que precisa ser dito? O conselho que ministramos é uma palavra boa que sai de nossa boca, por exemplo.

Devemos exortar ( corrigir fraternalmente), mas nunca julgar. João Batista Exortou Herodes sobre o seu adultério com sua cunhada, esposa de seu irmão. É um dever cristão mostrar ao pecador o caminho do arrependimento, mas ser juiz significa dar a sentença condenatória. Ser juiz é o mesmo que dizer ao pecador ” não importa o que você faça para se arrepender, pois você já está condenado ( por mim)!”

Devemos ter antes de tudo controle sobre o que diremos antes de dizermos.

Podemos calar ou falar quando quisermos. Se temos este controle, Deus nos diz para não falarmos nada que não seja para edificação.

Quando nos acostumamos a falar coisas torpes, criamos uma Sinapse de maldição em nossas vidas.

 Dentre todas as Sinapses, a da fala é uma das mais poderosas porque manifesta os segredos do coração e provoca reações no mundo espiritual, emocional e físico.

 O descontrole da boca gera, dentre outras coisas, a amargura que é a falta de perdão e o sentimento de pesar de fatos passados de forma contínua como se tivessem acontecido hoje, mesmo com o passar dos anos. A amargura mata!

As Sinapses da Mente

Lembranças tristes

Os acontecimentos ruins nos marcam com muito mais poder do que os acontecimentos bons. Eis alguns exemplos:

Exemplo 1

Tive a experiência de visitar asilos e ouvir histórias de velhinhos que marcaram com tristeza as suas vidas. Ao questioná-los sobre quando teria ocorrido aqueles fatos que possuíam detalhes tão minuciosos, acreditando que haviam se passado  no dia de ontem  ou no máximo há uma semana ou mês atrás…. Me diziam: “ isso aconteceu há trinta anos!”

Exemplo 2

Ao encontrar um velho conhecido em um shopping Center em um lindo dia de domingo e ele te cumprimentar, vocês param e conversam por alguns minutos. Depois se despedem e se reencontram novamente depois de um ano em outro lugar, em uma universidade por exemplo. Talvez ele pergunte se você se lembra daquele encontro casual ocorrido um ano antes. É possível que você demore algum tempo para se lembrar.

No entanto, se no primeiro encontro, ocorrido um ano antes, você o tivesse reconhecido no Shopping Center, focado em seus olhos… e ele percebendo que era você e para desviar-se e evitá-lo, não te cumprimentasse, deixando você a “ver navios”…. Envergonhando você na frente de outros conhecidos ou parentes que estivessem te acompanhando…. Você sabe o que aconteceria com a tua mente? Você imagina por quanto tempo ela seria capaz de lembrar e reviver aquele sentimento ruim? Certamente que daqui a mais de cinqüenta anos a tua mente seria capaz de reviver aquele momento triste.

Malícia

O lascivo é a pessoa que vê sexo em tudo. Há programas de humor na TV em que todas as piadas são sexuais. Se você assistir com freqüência a esses programas, certamente estará pensando como eles em pouco tempo, porque estará criando Sinapses mentais pela repetição do assistir estabelecendo  de um padrão mental que se instalará em teu ser pela repetição.

Sermos imitadores de Deus:Não há meio mais eficaz de criarmos Sinapses que agradem a Deus a não ser pela imitação de seu caráter.

 A avareza, por exemplo, que é o apego exagerado aos nossos bens valorizando objetos e coisas muito mais do que pessoas, é totalmente contrário ao caráter de Deus que troca reinos por você. Não é o ouro ou reinos que Deus mais valoriza e sim a vida de pessoas como você e eu.

Não devemos ser exageradamente apegados aos bens, mas também não devemos ser pródigos.  Aqui quero fazer uma correção a muitos pregadores do evangelho e em especial da parábola do filho pródigo. Infelizmente o termo “pródigo” sofreu contaminação linguística e atualmente muitos pensam que pródigo siginifica ” o que volta”, mas não é!

Regresso é o que volta! Pródigo não éo que volta”, mas sim o que gasta sem responsabilidade.  Disse Jesus “Não devemos dar pérolas aos porcos”, mas isso jamais deve ser uma desculpa para não ajudarmos ao nosso semelhante.

Fazer caridade não nos “salva” mas fazer caridade nos ” salva”! O que isso significa? Significa que Deus é o único que sabe as intenções do coração e é ele quem julgará os homens por elas.

Descobrindo o que é agradável ao Senhor

 Muitos pensam que Deus existe para agradá-los.  A verdade é que nós é que existimos para agradar a Deus, e para louvor da glória dele, não da nossa.

Ter a mente de Cristo significa que buscaremos em nós os comportamentos que agradam a Deus.  O ato de servir, por exemplo, é sinal de quem tem a mente de Cristo!

A nossa maior preocupação deve ser: O que Deus está pensando de mim?

 Ter a mente de Cristo significa andar como Jesus Cristo andou.

Enchendo-nos do espírito Ef. 5:18b

Encher a nossa mente com palavras de louvor a Deus nos capacita a vencer todas as dificuldades da vida.

Cantar e salmodiar, mesmo no momento da dor, é construir continuamente uma Sinapse que nos moldará à semelhança do caráter de Cristo.

O Apóstolo Paulo e seu amigo Silas louvaram ao senhor depois de apanharem. Levaram cerca de 39, menos uma, chibatadas, terem suas costas dilaceradas e seus pés presos no cepo (livro de Atos dos apóstolos Capítulo 16).

Eu te pergunto: em algum momento, você já agradeceu a Deus em algum momento de dor ou de luto?

Mesmo que alguém tenha te machucado e dilacerado o teu coração ou a tua pele e deixado em carne viva, você conseguiu fazer como Paulo e Silas e cantou na dor?  Essa atitude é chamada de “o Louvor que Liberta”, descrita no livro com o mesmo título do escritor Merlin Carothers.

Eu tive que fazer isso em 08 de março de 1990, quando recebi a notícia de que meu pai havia se suicidado sobre o túmulo de minha mãe, morta cinco anos antes. Ajoelhei-me, levantei as mãos aos céus e disse, de todo o meu coração, ” o Senhor deu, o Senhor tirou… Bendito seja o nome do Senhor!”

Não há sensação maior de libertação do que louvar a Deus em algum momento de dor. Para isso é necessário se encher do Espírito Santo para ter a mente de Cristo. E como obter essa graça de se encher do Espírito Santo? Cantando, salmodiando e dando graças por tudo a nosso Deus e pai.

Muito mais do que um templo feito de pedras, o lugar para você cantar, salmodiar e dar graças a Deus de todo o coração é o teu coração.

Para se tornar mais do que um seguidor de Jesus (Jesuíta= aquele que segue a Jesus) e se tornar um Cristão (aquele que tem a mesma unção de Cristo)é necessário aprender a dar graças.

Dar graças é saber agradecer a Deus por tudo. Se Deus é o proprietário de tudo em nossas vidas, ele tem todo o direito de tomar de volta o que ou quem quiser quando lhe apraz.

 Não somos donos de nada, nem da nossa vida, porque nós não nos fizemos a nós mesmos, mas Deus nos deu a vida e tudo o mais. Por isso, é necessário que os suicidas saibam que não têm o direito de tirar a própria vida, pois a vida não lhes pertence e sim a Deus que foi quem lhes deu essa dádiva, mas não deu para se tornarem proprietários e sim administradores pois deverão prestar contas dela.

 Por isso, agradecer a Deus (“dar graças”) é dizer “obrigado” quando perdemos algo ou alguém.

 Nós não agradecemos pela perda, não é isso. Nosso coração desejava desfrutar mais daquilo (bem, emprego, etc) ou daquele (amigo, marido, mãe, etc.).

É agradecer a Deus pelo privilégio que ele nos deu de desfrutar por um determinado tempo de alguma Graça(Graça é concessão de favor não merecido).

Conseguiu emprego? Agradeça a Deus.

Perdeu o emprego? Agradeça a Deus.

Crie sinapses que transformem você realmente em uma nova criatura. Seja guiado pelo Espírito Santo e pela palavra de Deus. Que Deus te fortaleça nessa missão.

  Estudo de Joanilson Rodrigues

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Anúncios