Editoriais antigos

Esta Página contém alguns dos editoriais da página inicial de nosso site. Infelizmente, apagamos os mais antigos. Somente a partir de janeiro de 2012 é que os disponibilizamos por completo.

EDITORIAL JANEIRO A MARÇO DE 2013EDITORIAL JANEIRO A MARÇO 13_FAIXA

 A PARRÉSIA E O AMOR ÁGAPE 

Parrésia_Artigo de Joanilson Rodrigues

A paz de Jesus Cristo Esteja em teu Coração!

Primeiramente nós, Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues, queremos desejar que o ano novo seja repleto de bençãos para você e tua Família.

Em nosso primeiro editorial do ano de 2013, queremos iniciar com a meditação desses versículos abaixo.

faixa preta horizontal1-“E de todos sereis odiados por causa do meu nome.” Lucas 21:17

2-“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

3-“E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” Mateus 10:22

4-“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” Mateus 5:11-12

5- “E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.” Marcos 13:13faixa preta horizontal

Texto de Joanilson Rodrigues

Há algo de muito perturbador em todas essas palavras de Jesus sobre o agir dos cristãos no mundo. Muito mais do que um mero detalhe, esse é um sinal dos que vivem verdadeiramente o evangelho de Nosso Senhor: ser odiado por todos!

Alguém pode dizer: ” o quê? Ser odiado…??? Odiado por todos? Ah, não! O cristianismo é a religião do amor e por isso o verdadeiro cristão deve ser amado por todos, como a Madre Teresa de Calcutá e tantos outros…”

O que nos leva a este pensamento é que Jesus ordenou a todos os Cristãos que amassem. Amassem a seu próximo e até mesmo aos seus inimigos.  Amar aos que nos odeiam, falam mal de nós e nos ferem na face. Amar incondicionalmente. Amar!

Agora tende lembrar de alguma mensagem de Jesus dizendo algo parecido com isso: – Aqueles que forem meus discípulos serão amados por toda a humanidade e reconhecidos com sendo “pessoas boas”.

Não, não encontramos uma só vez Jesus dizendo tal coisa ou algo parecido. A ordem clara é para amar e não para ser amado.

Confesso que até bem pouco tempo eu não entedia esta mensagem de Jesus e minha mente, assim como a mente da esmagadora maioria dos cristãos no mundo, estava programada para desativar seu verdadeiro sentido quando eu a lesse.

Jesus diz claramente: “…e sereis odiadosOdiados por todos!”

Não é algo do tipo: ” Olha, algumas pessoas não irão gostar de você…”

Não, é algo muito mais impactante e abrangente em nossas vidas.

Para o que pretendo abordar nas próximas linhas talvez muitos não estejam preparados para ouvir ou ler, outros não estarão mesmo interessados, mas o que o Espírito Santo me ordena nesses dias é que eu proclame esta palavra, para que outros servos do Senhor encontrem conforto e respostas para suas almas e suas orações.

Ouvimos a exaustão muitos afirmarem que o “Cristianismo é a religião do amor” e também que “o cristão deve amar a todos, até mesmo os seus inimigos“. É verdade! O Senhor Jesus Cristo nos ensinou a amar, preferencialmente o amor ágape, que é o amor supremo de Deus que não depende das qualidades do ser amado para existir, ou seja, Deus nos ama não porque nós somos bons, mas porque ele é bom e seu maior objetivo é nos ensinar a amar assim.

Agora, você aceita um desafio? Cite nas escrituras sagradas cinco versículos que digam que os verdadeiros cristãos deverão ser amados por todos!

A busca pela paz com todos é sim um dever, mas não o ser amado por todos.

No início do evangelho de Lucas encontramos os dizeres: “E Jesus crescia em graça, estatura e conhecimento diante de Deus e diante dos Homens.” Lc 2:52

Em Romanos também encontramos a seguinte orientação” Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens.” Rm 12:18

Ou seja, às vezes não é possível a paz com as pessoas. Devemos ser pacíficos e buscar o entendimento e a paz com elas, mas isso nem sempre depende inteiramente de nós.

Em Marcos, Jesus diz: …Tende sal em vós mesmos, e paz uns com os outros. Marcos 9:50b

“Sigamos, pois, as coisas que servem para a paz e para a edificação de uns para com os outros. ” Romanos 14:19

“Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor; ” Hebreus 12:14

Em todos os versículos acima, podemos confundir facilmente a ordem do Senhor para termos paz com todos com “buscai ser amados por todos”. Parecem ser a mesma coisa, mas não são! Existe um verdadeiro abismo separando-as.

Podemos amar as pessoas e sermos odiados por elas. Podemos amar os nossos inimigos e não sermos amados por eles. Podemos fazer o bem a muitos e mesmo assim, sofrermos ingratidão. Aliás este é um dos pontos principais da fé cristã: fazer o bem sem esperar recompensas, cuja expressão maior é “ser amado pelo bem que fez”.

Jesus nos ensinou a mão direita a não saber o que a esquerda faz ou seja, ao fazer o bem, não alardear aos quatro cantos o que fez, mas esperar a recompensa somente de Deus.

Jesus ensinou a emprestar também para aqueles que não poderão nos pagar, porque o empréstimo com cobrança certa qualquer pecador pode fazer, mas a gratuidade verdadeira somente os filhos de Deus o farão.

Parrésia 

Segundo o dicionário de língua portuguesa Aurélio, Tanto no grego ( parrhesía) quanto no latim (parrhesia) não tem a sílaba tônica aguda no “É”. Em Português, são poucos os estudiosos que adotam a palavra com o assento agudo no “E” e o mais comum é ouvirmos com o som forte no “i”.

Mas o que é isso? Você já ouviu falar? Alguns dicionários classificam simplesmente como intrepidez ou ousadia no falar, mas os pais da igreja, aqueles que nos primórdios do cristianismo divulgavam as palavras de Jesus diziam que Parrésia é “a Ousadia de dar a mensagem integral do evangelhomesmo correndo o risco de não ser compreendido ou de ser desprezado e ainda o de ser perseguido.” Tudo isso em detrimento de sua própria imagem pessoal para que haja a edificação da igreja.

É justamente para entendermos este conceito de Parrésia que lembro novamente as palavras de Jesus do início de nossa mensagem: ” e sereis odiados por todos!”

Eu realmente começo a entender as palavras de Jesus acerca desse ódio somente nesses últimos dias de 2012. Quem acompanha nosso site e a nossa vida há tempos sabe do amor que temos por todos os pecadores, primeiramente porque nós nos consideramos como tal, sendo totalmente imerecedores de qualquer benefício de Deus por algo que fizemos ou fizermos e, em segundo lugar, por causa da grande comissão: “ide pelo mundo e pregai o evangelho a toda criatura.”( Mc 16:15) “É tão somente pela graça de Deus que somos salvos.”(I Tm 1:15) Quero lembrar que a definição mais precisa que temos de “Graça” é : Concessão de favor não merecido.

Vejo com muita tristeza cristãos se acovardarem sob a justificativa de tentarem “manter o equilíbrio” do versículo de Lucas 2:52, já citado nesta mensagem de crescer em graça, estatura e conhecimento diante de Deus e diante dos homens, ou seja, da sociedade que os cerca e pregar a mensagem integral de Deus que é um alerta a todos os homens de que haverá um julgamento de Deus.

Conforme o evangelho de João 16:8, é o Espírito Santo é quem convencerá a todos os homens do pecado, da justiça e do Juízo, não nós. Essa não é nossa missão, a de “convencer”. Então qual é?

A nossa missão é meramente “pregar” conforme o texto de Romanos 10:

“Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?

E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles, E as suas palavras até aos confins do mundo.

Mas digo: Porventura Israel não o soube? Primeiramente diz Moisés: Eu vos porei em ciúmes com aqueles que não são povo, Com gente insensata vos provocarei à ira.

E Isaías ousadamente diz: Fui achado pelos que não me buscavam, Fui manifestado aos que por mim não perguntavam.

Mas para Israel diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente. “Romanos 10:13-21

 Certamente que crescer, em qualquer aspecto, também diante dos homens é algo muito agradável  para qualquer um e fortalece nossa auto-imagem e amor próprio. No entanto, quando a equação de “diante de Deus e diante dos homens” não se encontra em um ponto fácil de equilíbrio, nossa tendência é buscarmos mais a graça do “diante dos homens” do que a do “diante de Deus”. E é justamente nesse ponto específico que se distinguirá quem busca agradar a Deus ou quem busca agradar aos homens.

Paulo distingue muito bem esses dois papéis quando diz: ” Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homensSe eu estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. “Gálatas 1:10

Como viver a Parrésia nesses dias se isso significar até perder emprego e ser mal visto socialmente? Um grande exemplo é o que acontece nas discussões sociais sobre o homossexualismo e o movimento político gay que parecem ser a mesma coisa, mas são coisas muito distintas. Atualmente há uma grande pressão na mídia que faz com que a minoria gay tente se sobrepor à maioria Heterossexual. Parece ser retórica, mas o que o movimento político pleiteia é algo da maior gravidade e há uma letargia da cristandade quanto ao assunto, o que pode ser muito caro caso o intento político se consolide. Isso nada tem a ver com ódio aos gays, ao contrário, tem a ver com amor genuíno a eles porque são tão pecadores quanto nós e nenhum de nós tem o direito de se colocar acima de ninguém. Toda pessoa homossexual tem que ser amada e respeitada independentemente de sua vida pecaminosa. O posicionamento que devemos ter nada tem a ver com a  pessoa homossexual, mas sim com o movimento político que visa desestruturar a sociedade e sobretudo o cristianismo.

Anunciar o evangelho é anunciar as boas notícias de que não precisamos ser condenados pelos nossos pecados. Anunciar também que Deus proclamou o tempo da reconciliação com ele através de Jesus Cristo e do arrependimento e nos confiou o ministério da reconciliação.( II Co 5:18) Os homens que no passado romperam com Deus optando pelo pecado, não precisam viver assim, podem hoje mesmo pedir perdão e serem livres do jugo da morte que há em escolher viver longe de Deus e de seus preceitos. Deus lançará os seus pecados no fundo do mar e mesmo se eles forem vermelhos como o escarlate, se tornarão brancos como a neve e brancos como a lã branca. ( Is 1:18)

 O que acontece é que sob o pretexto de “não julgar”as pessoas, alguns cristãos dão uma mensagem truncada e parcial, não tendo coragem para anunciar o evangelho integral. Deus é amor, mas também é justiça. Deus deu sim o livre arbítrio, mas isso não quer dizer que ele não pedirá contas sobre o que fizermos.

João Batista é a prova evidente de que Deus não quer o pecado na vida do Homem e o que ele fez ao alertar Herodes de que se deitar com a própria cunhada era errado é o que podemos chamar de Parrésia.

Hoje alguns recriminariam João Batista dizendo que ele não tinha que “se meter na vida sexual do rei”. Diriam que isso era “julgar” e que ele não tinha o direito de fazer isso, mas o que João Batista fazia era Parrésia, ou seja, exortar ao rei que se arrependesse e se voltasse a Deus. Havia tempo, mas era uma decisão dele. Só poderíamos dizer que João Batista estava “julgando” se ele dissesse a Herodes que ele já estava condenado não importasse o que fizesse, mas não era essa a mensagem de João Batista ao rei.  O resultado disso foi a própria morte do profeta João Batista  a pedido desta cunhada de Herodes, mulher de seu irmão com quem mantinha relações sexuais.

Qualquer evangelho que seja só amor sem o cumprimento da justiça de Deus não é o evangelho integral. E qualquer evangelho que não seja integral é anátema (amaldiçoado) segundo disse o apóstolo Paulo em Galátas 1:

” Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;  O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.

Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema. Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. “Gálatas 1:6-10

Ao contrário, quanto a essa suposta “não punição” de Deus ao pecado, o apóstolo Pedro faz graves alertas em sua segunda carta em todo o capítulo dois:

” E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

Porque, se Deus não perdoou aos anjos que pecaram, mas, havendo-os lançado no inferno, os entregou às cadeias da escuridão, ficando reservados para o juízo;

E não perdoou ao mundo antigo, mas guardou a Noé, pregoeiro da justiça, com mais sete pessoas, ao trazer o dilúvio sobre o mundo dos ímpios;

E condenou à destruição as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinza, e pondo-as para exemplo aos que vivessem impiamente;

E livrou o justo Ló, enfadado da vida dissoluta dos homens abomináveis (Porque este justo, habitando entre eles, afligia todos os dias a sua alma justa, vendo e ouvindo sobre as suas obras injustas);

Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados;

Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; atrevidos, obstinados, não receando blasfemar das dignidades;

Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.

Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção, Recebendo o galardão da injustiça;

pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco;

Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;

Os quais, deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça;Mas teve a repreensão da sua transgressão; o mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta.

Estes são fontes sem água, nuvens levadas pela força do vento, para os quais a escuridão das trevas eternamente se reserva.

Porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne, e com dissoluções, aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção.

Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior do que o primeiro.

Porque melhor lhes fora não conhecerem o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado;

Deste modo sobreveio-lhes o que por um verdadeiro provérbio se diz: O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca lavada ao espojadouro de lama. ” 2 Pedro 2:2-22

Neste trecho longo da palavra de Deus, repare nos “se” que Pedro nos traz: Se Deus não poupou o mundo antigo… Se Deus não perdoou os anjos… Se Deus condenou as cidades de Sodoma e Gomorra… O que significa para nós? Será que podemos viver livremente nosso pecado sem sofrermos consequências? Será que podemos chamar de correta a mensagem do evangelho que ilude os pecadores dizendo que Deus é amor e que eles podem fazer o que quiserem com seus corpos e com sua vida?

Não podemos nos esquecer que a vida é uma mera concessão. Ou seja temos um bem que nos foi arrendado. Não somos donos dele e por isso teremos que prestar contas ao verdadeiro dono.

Em Lucas 20:9-16. Jesus Conta a parábola dos vinhateiros infiéis na qual esclarece quem é o verdadeiro “dono”. Um homem, que simboliza o próprio Deus “arrendou” uma vinha, que simboliza a vida humana. Depois de algum tempo mandou emissários para pegar alguns frutos, mas eles foram espancados pelos arrendatários. Outros emissários também foram espancados…

É justamente aí que entramos. É justamente aí que entra a Parrésia, a mensagem integral do evangelho. Corremos o risco de sermos espancados. É sobre este momento que Jesus diz: sereis odiados por todos!

Os vinhateiros são a mais perfeita expressão deste ódio contra os emissários de Deus. Hoje, vemos uma tendência a dar uma mensagem parcial do evangelho já que muitos pecados sexuais arruinaram com o ministério de muitos servos de Deus.

Atualmente, dentre outras requisições, somente para exemplificar, o movimento político gay no Brasil está pleiteando junto ao Ministério da Educação que  este não compre livros didáticos de editoras que mostrem a família de forma tradicional (Pai, Mãe e Filhos). Se acatado tal pleito, as editoras que dependem das compras do Governo para sobreviver, terão que retratar a visão e estrutura de Família como se as 0,2% das famílias gays (segundo o censo do IBGE 2011) representassem as 99,8% das demais famílias heterossexuais. É uma inversão absoluta de valores e o que podemos chamar de ditadura das minorias.

Este e outro exemplo foi a discussão que o deputado Marcos Feliciano teve na Comissão de Direitos Humanos na qual fez sérias denúncias contra o acovardamento de muitos políticos cristãos no Congresso Nacional.

Como haverá uma “reprogramação mental” da sociedade, cada vez mais veremos cristãos se acovardando diante da sociedade laicista e mundana.

Fiquei surpreso ao ler em uma  rede social amigos católicos ofendendo com gravidade a figura do Papa Bento XVI por conta de uma matéria sobre o assunto no Jornal Estado de São Paulo. Ao posicionar minha opinião de que o Papa tinha razão quanto a aquele assunto do homossexualismo, algumas pessoas que ali estavam disseram que eu era a escória da humanidade, que não queriam jamais me ver na rua  e que me odiavam profundamente.

Meu dever cristão  é amar e perdoar, sei disso. Mas aquelas palavras me feriram profundamente porque amo essas pessoas e amo os gays, o que não amo é o seu pecado e o seu modo de viver, sobretudo porque, em sua persistência  o resultado é a morte e o inferno, portanto não se trata de um direito meu, mas sim de um dever  fazer o alerta conforme Deus ordena em Ezequiel 33:8-9

Foi somente depois de todo esse ódio derramado contra mim que me lembrei das palavras de Jesus:

1-“E de todos sereis odiados por causa do meu nome.” Lucas 21:17

2-“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

3-“E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” Mateus 10:22

4-“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.” Mateus 5:11-12

5- “E sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo.” Marcos 13:13

O pregador americano Paul Washer em uma recente pregação em vídeo afirma categoricamente O seguinte:

“Em muito pouco tempo  O Cristão será isolado (como sempre ocorreu na história) e  qualquer um que verdadeiramente crê na Bíblia será considerado um lunático até que finalmente sejamos silenciados…

e seremos perseguidos por sermos considerados radicais fundamentalistas que não entendem o verdadeiro caminho de Cristo que é, claro, “amor e tolerância”…

e continuará até sermos chamados de criadores de males e inimigos da humanidade e da história… essas coisas já estão ladeira a baixo, não demorarão…

A Perseguição é sempre elaborada para o mal… mas Deus a destina para o bem…. Através da História você tem uma visão errada do martírio e perseguição dos cristãos. Você imagina que aqueles homens foram perseguidos e martirizados devido a sua fé sincera em Jesus Cristo…

É verdade, mas isso eles fizeram em particular…. Quando foram mortos eram considerados inimigos do Estado, como molestadores de Crianças, fomentadores de males, pessoas estúpidas de mente estreita que caíram por se escandalizarem com coisas que não contribuem em nada para a sociedade….

Seu sofrimento não será nobre, por isso a sua mente deve estar preenchida com a palavra de Deus….”

Bem , esta é apenas um trecho transcrito dessa pregação de Paul Washer que você pode assistir na íntegra através deste link.  Inseri este vídeo na mensagem somente para confirmar o que o Espírito Santo de Deus está a falar ao meu coração e tenho certeza que também ao coração de muitos de seus profetas espalhados pelo mundo.

Quando eu lia este trecho do livro do Apocalipse 13 confesso que não entendia:

“E foi-lhe concedido que desse espírito à imagem da besta, para que também a imagem da besta falasse, e fizesse que fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta.

E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas,

Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.

Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis. ” Apocalipse 13:15-18

Embora possam haver outras explicações, eis o que o Espírito Santo fala ao meu Coração. Embora ainda não tenha chegado o dia exato em que os verdeiros cristãos serão mortos por serem contra o Homossexualismo, este dias se aproximam com rapidez. Veja este vídeo gravado na Câmara dos deputados em Brasília em Maio de 2011.

Cristão verdadeiros já estão perdendo empregos e sendo perseguidos sob a justificativa de serem “homofóbicos”.  O significado de ter uma sinal na “Mão direita” quer dizer na “forma de trabalhar”, pois as mãos simbolizam o trabalho e a maneira como cada pessoa exerce a sua profissão que é o seu sustento.

O significado de ter a marca da besta na testa significa “ter o modo de pensar de Satanás…” ou seja ceder aos seus ardis e contrariar a palavra de Deus como alguns pseudo pastores estão fazendo, buscando agradar aos meios de comunicação para parecerem “modernos e avançados em seu modo de pensar”… Na verdade estão colocando a marca satânica em seus pensamentos e em seus trabalhos.

Mas essa tendência tende a melhorar ou a piorar? Infelizmente tende a piorar porque são muitos os que serão forçados a aceitar a marca em seu modo de pensar e em seu modo de trabalhar.

Veja o exemplo claro disso na denúncia do pastor Marcos Feliciano sobre o Ministério da Educação para que não compre livros de editoras que retratem a família como Deus a Constituiu e desejou: Pai-Mãe- Filhos.

As editoras que vendem para o governo irão à falência se não obedecerem à “diretriz” (Irão dizer que não é “ordem”) de retratar famílias no modelo homossexual. O que é isso?  É o cumprimento de apocalipse 13:17: “Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. “

A pressão econômica sobre as editoras podem reverter o quadro de família que temos. O objetivo é contaminar a mente de nossas crianças dando-lhes um modelo irreal de família que não simboliza a maioria, pois segundo o Censo do IBGE 2010 as 60 mil famílias gays no Brasil representam 0,2% ! É isso mesmo! Não são 2%, mas sim 0, 2% !!

O Assunto é profundo e por isso recomendo que leia o longo artigo, Homossexualismo e a homofobia, que escrevi sobre o assunto se quiser se aprofundar.

As grandes questões são: Quem está disposto a perder seu emprego ou a ter seu negócio fechado somente para professar a sua convicção e crença no evangelho?

Quem está disposto a ter a sua imagem pública afetada nas redes sociais e ser chamado do Homofóbico?

Quem está disposto a ser ofendido, caluniado e maltratado por crer nas palavras de Jesus?

Quem está disposto a ser erroneamente classificado como fanático, lunático ou pessoa cheia de ódio, mesmo amando os pecadores?

Você teve coragem de levantar o braço para alguma dessas perguntas?

Caso esteja em dúvida, lembre-se daquilo que Jesus disse:

” Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.

Não cuideis que vim trazer a paz à terranão vim trazer paz, mas espada;Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra;

E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.

E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á ” Mateus 10:32-39

Parrésia! Parrésia! Parrésia em anunciar o evangelho do Senhor!

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Assista também ao vídeo da linda mensagem sobre “Fé e Conversão” ministrada por Marília Rodrigues

Assista também a este outro vídeo complementar sobre o Senhorio de Jesus Cristo

ENTREGUE SUA VIDA AO SENHORIO_MARÍLIA RODRIGUES

Doações

AVISO DE AMOR!

Apesar de baixar gratuitamente todas as músicaspregações e livros neste site, todos eles tiveram um custo elevadíssimo para serem elaborados e organizados, por isso necessitamos muitíssimo de sua ajuda material além de sua oração por nós.

Não feche as portas do teu coração para o evangelho de Jesus Cristo e faça a sua doação.

Caso não queira doar pelo Pagseguro  é possível fazer depósito direto em nossa Conta Poupança, Visite a seção “Doações” e saiba como nos ajudar materialmente a evangelizar.

Se desejar aconselhamento ou oração entre em contato conosco. Fique na paz de Jesus!Assista a este edificante vídeo da Mensagem pregada na igreja Tabernáculo de Deus na Cidade de Santo André: Como Obter Força Para vencer os problemas e dificuldades na Vida_ Série “Vencendo a Depressão”. Seja edificado com este vídeo e edifique a outros divulgando-o. Para assistir visite a seção “vídeos” em nosso site ou clique na imagem abaixo.

Disse Jesus: “Mateus 25  34   Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;  35   porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;  36   estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.  “

AGRADECIMENTO

Muito obrigado pelos mais de 140 mil acessos!

________________________________________________________________

Música para eventos

A todos os amigos que amam a minha música. Peço, se possível, a gentileza de compartilharem entre os seus amigos no Facebook este vídeo sobre meu trabalho musical pois em muito me ajudará. Desde já meu muito, muito obrigado mesmo, do fundo de meu coração, aos que divulgarem este humilde trabalho. http://youtu.be/KgTQckpl79Q

Editorial Outubro/ Novembro/ Dezembro de 2012

Texto de Joanilson Rodrigues

POLÍTICA OU RELIGIÃO?

No Brasil, outubro é tradicionalmente o mês das eleições. Em 2012 elegeremos vereadores e prefeitos para um mandato de quatro anos.

Há uma velha discussão sobre “religião não deve se misturar com política”. Isso é uma verdade e é uma mentira ao mesmo tempo, pois depende de nossa ótica e de qual seja a abrangência específica de cada uma.

O que nos esquecemos, de propósito ou não, é que Religião e Política são irmãs gêmeas. Pode ser que não se deem bem, e não admitam de forma alguma sequer que haja o parentesco, mas são irmãs e há um amálgama entre elas. Talvez tenham sido até mesmo irmãs siamesas em um passado muito remoto. Elas Tem o mesmo gene e o DNA das duas é quase idêntico. Estabeleçamos algumas definições para falarmos delas.

Religião e Política

A Palavra Religião quer dizer “ligar com Deus” ou “religar” (Ligar novamente). Semanticamente é isto. O homem que vive afastado de Deus se volta e se une com ele novamente, adquirindo comunhão. Por isso, dizer que religião e políticas são tão próximas pode parecer realmente um desatino de minha parte, já  que é sabido por todos que a política não tem o intuito algum de ligar o homem a Deus, mas primordialmente se ater a assuntos públicos e “exercer a justiça e promover igualdade social,” mas estes conceitos foram  duplamente contaminados e desvinculados de sentido original de ambos os lados.

religião pura, segundo São Tiago em sua narrativa bíblica,  é vista da seguinte forma: ” Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.”(Tg 1:27)

Há algo interessante sobre estes dois universos da política e da religião e existem mais similaridades entre eles do que estamos acostumados  ou ousamos admitir.

O que acontece com as boas pessoas que se enveredam pelo caminho da política e depois se contaminam e se esquecem qual era mesmo o propósito de haverem entrado ali: Interferir positivamente na vida das pessoas ?!?! Esta deveria ser a força motriz de um bom político.

Órfãos e viúvas na programação coletiva da mente

A definição de religião dada por São Tiago nos versos acima se parece muito com essa de Interferir positivamente na vida das pessoas, pois ele diz que a Religião Pura, na verdade, é o mais profundo conceito do que deveria ser a política: “ Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.” É a interferência positiva na vida de pessoas que são desassistidas ou desamparadas por algum motivo pelo poder público valendo-se de todos os meios e recursos disponíveis sem contudo desviá-los para benefício próprio. Na religião a responsabilidade da assistência é mais considerada mais pessoal do que social.

Para que entendamos onde está o nó entre política e religião, precisamos analisar o ramo medular no qual o Estudioso Holandês Geert Hostede define cultura: “É a programação coletiva da mente”- diz ele. Sim, as mentes de todos  nós estãoprogramadas, assim como um computador, a pensar de um certo modo que quase inviabiliza a sua expansão. É claro que este conceito de “mentes programadas” não é de todo ruim, pois, até certo ponto, também livra toda a sociedade do caos generalizado se não existissem fronteiras que estabelecessem o que chamamos de  limites éticos.

Para a maioria das pessoas, pensar em religião significa, quase sempre, o mesmo que pensar em ritos e rituais, por isso, quando Deus, no antigo testamento, falou ao povo de Israel pela boca do profeta Isaías, quis desfazer esse vínculo mental desprovido da essência da didática empregada nas ordenanças que ele mesmo fizera anteriormente ao criar e ensinar ritos aos homens.

Na política também há ritos e rituais, cerimônias e cerimoniais, julgamentos e galardões (Homenagens e prêmios) no entanto a sacralidade dos atos tende a ser esquecida e abandonada, sobretudo quando falamos de procedimentos de ética.  Assim como o rito de uma cerimônia parlamentar para dar nome a uma determinada rua do município pode parecer algo sem propósito para a maioria de nós, assim também as cerimônias religiosas perderam o sentido para uma ampla parcela de pessoas ao redor do mundo.

Deus rejeitando os rituais “sagrados”

Vejamos este texto no qual Deus desvincula os atos religiosos da vida de comunhão com ele: “ De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o SENHOR? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes.

Quando vindes para comparecer perante mim, quem requereu isto de vossas mãos, que viésseis a pisar os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação, e as luas novas, e os sábados, e a convocação das assembléias; não posso suportar iniqüidade, nem mesmo a reunião solene.

As vossas luas novas, e as vossas solenidades, a minha alma as odeia; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer. Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos;

e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.

Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer mal.

Aprendei a fazer bem; procurai o que é justo; ajudai o oprimido; fazei justiça ao órfão; tratai da causa das viúvas. 

Vinde então, e argüi-me, diz o SENHOR: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve;

ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã

Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra. Mas se recusardes, e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse. Isaías 1:11-20

Tutorial Divino

Perceba como esta passagem de Isaías confirma exatamente o que diz Tiago em sua epístola. Deus não quer, não quis e não irá requerer rituais como nós os conhecemos, sobretudo quando a vida das pessoas não traduzir de fato o coração de Deus em seu infinito amor e misericórdia. A verdade é que os atos religiosos são necessidades humanas e não divinas.

Alguém certamente pode contestar esta afirmação dizendo: “mas foi o próprio Deus quem ordenou vários e vários rituais e ele mesmo os instituiu.” Sim, mas com que propósito?

A fim de serem “aio” (“um escudeiro”), até que chegasse o tempo determinado. Com o propósito didático de ensinar aos homens os mistérios espirituais. Inúmeras vezes Deus criou símbolos e rituais que posteriormente ele mesmo os abominou:

Mandou fazer a serpente de bronze depois mandou destruir a mesma serpente ( II Reis 18:3-4)

Salomão constrói o templo para Deus e é aceito por ele, contudo a própria glória do Senhor Deixa o templo e ele é destruído posteriormente com o aval divino.( Ezequiel 10)

Deus ordena a guarda do sábado, mas ele mesmo o rejeita inúmeras vezes pela interpretação errada que assumiu no coração do seu povo, invertendo o valor real pelo simbólico. ( Ex 34:21/Mt 12:12/Jo 7:23/ Colossenses 2:16)

Aliás São Paulo na sua epístola aos colossenses diz que esses rituais são meras “sombras” ou seja simbolizam uma realidade, mas não são ela. (Colossesnses 2:16-17)

Esta passagem de Galátas 3: 24-25 ilustra  esta tentativa de desprogramação, ou melhor de “reprogramação” de mentes e corações que Deus queria fazer: “ Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar. De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados. Mas, depois que veio a fé, já não estamosdebaixo de aio. ”Gálatas 3:23-25

Aio quer dizer “Tutor”, alguém para guiar, conduzir. Então a lei é boa? Certamente? E a religião? Para entendermos o propósito de Deus também. O nosso problema surge quando a religião se torna um fim em si mesma. O problema aparece quando trocamos Cristo pelo Cristianismo ou quando se troca Deus pelo Judaísmo ou pelo Islamismo. Deus é uma pessoa. Ele não é uma “energia” ou uma ideia. É muito mais.

Mas estávamos falando de religião e política, não é mesmo? Pois bem, não nos desviamos do assunto por um só instante, estamos montando um quebra cabeças para chegarmos ao amálgama das duas irmãs citadas no início deste texto.

Política

E a política? O que é? Qual a sua razão? Qual o seu objetivo? qual o seu propósito? Certamente não haveria espaço suficiente para definirmos e estudarmos as ciências políticas se quiséssemos fazê-lo por completo, mas certamente podemos resumir sua missão geral em ” Interferir positivamente na vida das pessoas… sobretudo da maioria em prol de toda a sociedade, valendo-se dos recursos disponíveis e criando outros para promover a igualdade de acesso e oportunidade aos bens comuns.”

Em outras palavras, é também cuidar dos órfãos e viúvas e abster-se da corrupção.Como proliferou-se o pensamento expresso na Constituição de que o “Estado é Laico” (não religioso) equivocadamente a mente de milhões de pessoas foi programada a pensar que os objetivos dessas duas irmãs (Política e religião) são antagônicos e incompatíveis. Triste engano. Essas duas são irmãs e ambas cometeram o mesmo pecado: a prostituição. Ou você acredita mesmo que o ambiente político é mais íntegro do que o de qualquer religião?

O erro que não devemos cair é o da generalização que apregoa que todo político é ladrão assim como todo religioso é hipócrita.

Algumas denominações evangélicas no Brasil, criaram alguns anos o desdém por tudo o que se denomina “religioso”. Associam o termo sempre com os fariseus narrados nos evangelhos aos quais Jesus faz severas críticas e os chama, dentre outros termos, de “sepulcros caiados”(Túmulos com ossos podres por dentro e cal branco por fora) e  Hipócritas. Portanto hoje não somente o laicado (quem não é religioso) como quem professa alguma religião pode abominar o termo “religião”.

Ezequiel descreve as duas irmãs: Aolá  e Aolibá!

Afora o texto a seguir significar primordialmente sob a ótica teológica e histórica que se trata de Jerusalém e Samaria, tomo a liberdade de inferi-los neste contexto eleitoral.

“Filho do homem, houve duas mulheres, filhas de uma mesma mãe.
Estas se prostituíram no Egito; prostituíram-se na sua mocidade; ali foram apertados os seus seios, e ali foram apalpados os seios da sua virgindade. “Ezequiel 23:2-3

“Assim cometeu ela as suas devassidões com eles, que eram todos a flor dos filhos da Assíria, e com todos os de quem se enamorava; com todos os seus ídolos se contaminou.” 
Ezequiel 23:7

Estes descobriram a sua vergonha, levaram seus filhos e suas filhas, mas a ela mataram à espada; e tornou-se falada entre as mulheres, e sobre ela executaram os juízos.
Vendo isto sua irmã Aolibá, corrompeu o seu imoderado amor mais do que ela, e as suas devassidões foram mais do que as de sua irmã.

Enamorou-se dos filhos da Assíria, dos capitães e dos magistrados seus vizinhos, vestidos com primor, cavaleiros que andam montados em cavalos, todos jovens cobiçáveis.
E vi que se tinha contaminado; o caminho de ambas era o mesmo. ”Ezequiel 23:10-13

Desde o começo deste editorial estou convidando você leitor a considerar que a política e a religião são, em essência, duas irmãs. Tal afirmação pode parecer um sacrilégio o que estou dizendo tanto para um ateu convicto quanto para um religioso xiita, contudo peço humildemente a tua atenção para qual deveria ser a missão de ambas: Interferir positivamente na vida das pessoas e manter-se aquém da corrupção deste mundo.

Alguém pode ainda questionar: ” mas isso não é atribuição só da política? A religião não deveria se preocupar somente com coisas espirituais como levar o homem a Deus?

A resposta é não! Inúmeros textos das escrituras sagradas dizem que a religião que é meramente contemplativa e desprovida de atos de amor, justiça ou misericórdia, é vã.

Não é possível amar a Deus e não amar ao próximo. Não é ético regozijar-se com seu bem estar enquanto milhões morrem de fome. Não é divino afastar-se do homem caído a beira do caminho que fora espancado por assaltantes porque estamos atrasados para irmos ao templo. Omitir-se de fazer o bem é um pecado que políticos cometem corriqueiramente, mas que pensamos: ” Aos religiosos não é moralmente aceitável fazê-lo, mas infelizmente há os que fazem.”

Então aqueles evangélicos que menosprezam o termo  ”religioso” e tudo o mais que estiver associado a ele são uma casta de pessoas bem acima destes? Fazem realmente o bem a todos e são um exemplo para sociedade?  Infelizmente não! Alguns estão mais para uma ilha sofisticada  da jactância do que para um refeitório comunitário.

Mas no exemplo dado pelo profeta Ezequiel, o que fizeram ambas irmãs, as quais estamos  chamando-as de política e religião? Elas se corromperam e se prostituíram, pois seus amantes eram, para elas, extremamente atraentes. A sedução do mundo, prostituiu a ambas e uma não tem a menor condição moral de falar mal da outra, pois ambas igualmente desonraram-se.

A Democracia Cristã

Hoje vemos militantes políticos que confessam claramente que vivem no pecado repetindo: “O Estado é laico” como se isso significasse que a sociedade devesse assumir seu modo de vida pecaminoso. Isso só é possível nos países cristãos.

A democracia cristã é tão aberta que vemos exercerem plenamente a sua liberdade de Expressão  grupos que de alguma forma são até mesmo contrários à fé cristã como Islâmicos, ativistas Gays, Marcha Pró-maconha, Marcha das Vadias e muitos outros grupos correlatos dos quais podemos discordar, mas precisamos conviver.

Há um livro que um grande amigo, Oayt Benevides, está lendo intitulado a “ A Tirania das minorias” no qual o autor aborda essa problemática que se manifesta predominantemente em países cristãos que são muito mais tolerantes com a liberdade das pessoas como a sua opção sexual e religião.  Contudo esta tolerância tem trazido também alguns malefícios, pois algumas dessas minorias hoje estão tentando se impor politicamente contra maioria e desejando punir com cadeia a quem discordar ou se opuser ao seu modo de vida. Em poucas palavras, podemos dizer que o autor alerta para o grave perigo de minorias se transformarem em verdadeiras tiranias.

Vemos muculmanos pedindo tolerância religiosa nos Estados Unidos, na França e em outros países europeus, mas  ao mesmo tempo vemos que cristãos podem ser assassinados sem problemas algum em vários países de crença Islâmica. Quando digo sem problema algum, estou dizendo que em muitos países árabes um pai pode matar um filho se ele deixar a fé Islâmica para ser Cristão e não ser preso por isso.

Exemplo  prático de Religião e Política

Não vemos essa mesma liberdade por exemplo nos países muculmanos. Só para citar um exemplo, Louvamos a Deus pela libertação do Pastor iraniano Youcef Nardarkhani no último dia 09 de Setembro de 2012.

Estávamos mobilizados com cristãos de todo o Brasil e do Mundo todo, orando e pressionando governos pedindo a sua libertação.  Ele havia sido condenado a morte por professar o Cristianismo em um país islâmico. Foi oferecida a ele a possibilidade de ser libertado se renunciasse a Jesus Cristo, mas ele optou por morrer ao invés de negá-lo.

O senador Brasileiro Magno Malta intercedeu pelo Pastor Youcef Nadarkhani e por conta disso, somado a várias petições da Comunidade Evangélica Brasileira, o governo Brasileiro mobilizou-se para a sua libertação, já que o Brasil tem excelente relação diplomática com o Irã. Lembrando que o ex-presidente Lula foi extremamente criticado por interceder pelo  Irã na questão do uso de tecnologia nuclear para fins pacíficos, recebendo duras críticas da Angela Merkel na Alemanha quando esteve lá, lembra-se disso? Pastores brasileiros também alertaram sobre o perigo espiritual que representaria para a nossa nação receber um declarado inimigo de Israel. Contudo esta proximidade foi justamente o que possibilitou a sua libertação. É um caso único no mundo, sem precedentes. Tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus.  Como dissemos, a política e a religião são irmãs. Lembra?

Reflito nestes últimos tempos o quanto Deus quer que a igreja tome o seu posicionamento de assistir (dar assistência, auxiliar, ajudar) aos órfãos e as viúvas e se manter longe da corrupção deste mundo. Mas quem estuda profundamente a bíblia sabe que ninguém será justificado pelas obras (Vide Gl 2:16 e Rm 3:20), mas deve saber também que a fé sem obras é morta.( Tg 2: 20, 26)

A Igreja Católica apostólica Romana, através da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) tem sido um bravo exemplo de luta em prol da vida contra o aborto e a eutanásia, por exemplo. Dessa entidade podemos falar de incontáveis lutas em prol da vida, contra grupos de extermínio e muitas outras desigualdades e injustiças sociais. A Campanha da fraternidade é um dos mais belos exemplos de seu constante labor.

Lembramos ainda da igreja presbiteriana, juntamente com a igreja católica e a comunidade Judaica que foram fundamentais na denúncia e relatos históricos das torturas do regime militar ocorridos no Brasil entre os anos de 1964 até 1985. O projeto por elas idealizado, chamado de “Brasil nunca mais“, foi desenvolvido pelo cardeal católico Dom Paulo Evaristo Arns, Pelo Rabino Judeu Henry Sobel e pelo pastor Presbiteriano Jaime Wright. Se hoje o Brasil é uma verdadeira democracia se deve em grande parte à contribuição que estes homens deram. Algo semelhante aconteceu no regime pós apartheid na Africa do sul com o trabalho do bispo Tutu e Nelson Mandela.

O trabalho da religiosa Madre Teresa de Calcutá na Índia com os pobres e desamparados de lá  é, no mínimo, comovente. Muitos dirão: este trabalho não se inclui em política, porque é um trabalho “social”, contudo a religião verdadeira e pura deve “Interferir positivamente” na vida dos órfãos e das viúvas, não é mesmo?

Hoje há muitos outros cristãos denominacionais, católicos e Evangélicos, que defendem o evangelho e seus preciosos valores com manifestações políticas claras e mais do que nunca, necessárias para o equilíbrio social.

A bíblia nos traz grandes exemplos de servos de Deus e profetas que exerceram cargos políticos. Só para citar alguns exemplos:

-o profeta Daniel na Babilônia que governou por muitos anos e foi irrepreensível em sua administração.

-José, filho de Jacó, que tornou-se vice rei do Egito, salvando não somente o povo daquele país, mas posteriormente o próprio povo de Israel.

-Mardoqueu (no livro de Ester) e Neemias (no livro de Neemias) são exemplos de pessoas que exerceram importantíssima influência política para salvar o povo de Israel da destruição e até do extermínio Total.

– Moisés, O Profeta Samuel e tantos outros juízes exerceram um importante papel na condução do povo de Israel.

Portanto, o próprio Deus colocou por muitas vezes seus próprios servos em posições políticas estratégicas com o fim específico de salvarem ou intercederem pelo seu povo.

Omissão: a grande zona de conforto

O Tal  conceito de “programação coletiva da mente” na definição de Hostede sempre nos levará para uma ” Zona de Conforto” seja dentro da religião ou daquilo que chamamos de política. Estamos programados a não interferir, não ultrapassar as fronteiras definidas por estas duas instituições: Política e Religião, como se fossem de fato incompatíveis, quando na verdade são complementares.

Desgostosos tanto com uma quanto com a outra, muitos não querem saber de política nem tampouco de religião, assim eximem-se de participar, de debater, de confrontar ideias e valores (ou de falta deles).

O erro de nos omitirmos diante das questões políticas é como se alguém ingerisse um poderoso veneno e perguntasse: ” eu não sabia que era veneno quando eu o tomei… será que eu vou morrer?  Porque veja bem: eu não sabia….”

Bem, o que você acha, querido leitor? O fato de não ter conhecimento do potencial de veneno, livra a pessoa da morte por causa da ignorância? Certamente que não! Ela irá morrer, mesmo que não tenha participado da produção do veneno.

Da mesmo forma quem pensa que não participar das decisões políticas poderá livrá-lo no futuro de algum mal, quando ele sobrevier.

Que tenhamos sabedoria e coragem para mudar o mundo com amor e não com ódio. Respeitando sempre todas as minorias mas impedindo com todas as nossas forças que elas se tornem tiranias.

Parábola de Jotão

Tive o discernimento desta parábola ainda nos anos 90 e muitos políticos que já ouviram palestras minhas a reproduziram, mas o mais importante para retermos é que  a Omissão da Oliveira, da Figueira e da Videira faz com que o espinheiro reine sobre os demais. É isso o que acontece quando pessoas boas se omitem tanto na política quanto na religião.

Não nos enganemos, pois Satanás não deixará o lugar que um justo deixou vago permanecer assim. Que Deus ilumine o coração de Todos neste dia de votação.

Realmente a omissão não é a melhor saída. Aprendamos com a parábola do Jotão:

” E, dizendo-o a Jotão, foi e pôs-se no cume do monte de Gerizim, e levantou a sua voz, e clamou e disse-lhes: Ouvi-me, cidadãos de Siquém, e Deus vos ouvirá a vós;

Foram uma vez as árvores a ungir para si um rei, e disseram à oliveira: Reina tu sobre nós. Porém a oliveira lhes disse: Deixaria eu a minha gordura, que Deus e os homens em mim prezam, e iria pairar sobre as árvores?

Então disseram as árvores à figueira: Vem tu, e reina sobre nós.
Porém a figueira lhes disse: Deixaria eu a minha doçura, o meu bom fruto, e iria pairar sobre as árvores?

Então disseram as árvores à videira: Vem tu, e reina sobre nós.
Porém a videira lhes disse: Deixaria eu o meu mosto, que alegra a Deus e aos homens, e iria pairar sobre as árvores?

Então todas as árvores disseram ao espinheiro: Vem tu, e reina sobre nós.
E disse o espinheiro às árvores: Se, na verdade, me ungis por rei sobre vós, vinde, e confiai-vos debaixo da minha sombra; mas, se não, saia fogo do espinheiro que consuma os cedros do Líbano. Juízes 9:7-15 “

Que Deus ilumine os olhos do nosso coração para que tenhamos governantes justos e que sejam conforme o coração de Deus. Não nos esqueçamos de orar por todos os dirigentes, mesmo por aqueles que não receberam nossos votos na eleição.

Que tanto na religião quanto na política possamos dar assistência verdadeira aos órfãos e as viúvas e nos mantermos distantes daquilo que possa de fato corromper o nosso coração e nos levar à prostituição.

Jesus diz ao Pai: Não peço que os tire do mundo, mas que os livre do mal. Que sejamos livres daquilo que nos corrompe. Que o Espírito Santo de Deus nos livre de todas as cadeias do pecado, da morte e da indiferença.

Oremos para que o Senhor seja a nossa força e a nossa alegria neste último trimestre de 2012.

De forma complementar a este editorial acima, gostaríamos de convidá-lo a assistir abaixo, na íntegra, esta Palestra sobre Ética, pois ela complementa o conteúdo abordado neste presente editorial

Seja muito bem-vindo ao nosso site!

O número de visitas diárias ao nosso site continua crescendo, ao mesmo tempo em que voltamos a postar novas Pregações em Áudio.

Deus tem nos movido para postar mais  e mais mensagens de Fortalecimento Espiritual.

Como disse o Apóstolo Paulo “temos apreço por vós e não pelo que é vosso”. Compartilhamos gratuitamente o que recebemos do Senhor, mas há certamente um ético e importante aspecto de contrapartida que não pode ser ignorado. O profeta Jeremias disse “Ai daquele que edifica a sua casa em ricos aposentos…. que se vale do trabalho do seu próximo e não lhe remunera  pelo serviço realizado...”  (Jeremias 22:13-14).

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Assista também ao vídeo da linda mensagem sobre “Fé e Conversão” ministrada por Marília Rodrigues

Assista também a este outro vídeo complementar sobre o Senhorio de Jesus Cristo

ENTREGUE SUA VIDA AO SENHORIO_MARÍLIA RODRIGUES

Doações

AVISO DE AMOR!

Apesar de baixar gratuitamente todas as músicaspregações e livros neste site, todos eles tiveram um custo elevadíssimo para serem elaborados e organizados, por isso necessitamos muitíssimo de sua ajuda material além de sua oração por nós.

Não feche as portas do teu coração para o evangelho de Jesus Cristo e faça a sua doação.

Caso não queira doar pelo Pagseguro  é possível fazer depósito direto em nossa Conta Poupança, Visite a seção “Doações” e saiba como nos ajudar materialmente a evangelizar.

Se desejar aconselhamento ou oração entre em contato conosco. Fique na paz de Jesus!Assista a este edificante vídeo da Mensagem pregada na igreja Tabernáculo de Deus na Cidade de Santo André: Como Obter Força Para vencer os problemas e dificuldades na Vida_ Série “Vencendo a Depressão”. Seja edificado com este vídeo e edifique a outros divulgando-o. Para assistir visite a seção “vídeos” em nosso site ou clique na imagem abaixo.

Disse Jesus: “Mateus 25  34   Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;  35   porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;  36   estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.  “

AGRADECIMENTO

Muito obrigado pelos mais de 100 mil acessos!

________________________________________________________________

Música para eventos

A todos os amigos que amam a minha música. Peço, se possível, a gentileza de compartilharem entre os seus amigos no Facebook este vídeo sobre meu trabalho musical pois em muito me ajudará. Desde já meu muito, muito obrigado mesmo, do fundo de meu coração, aos que divulgarem este humilde trabalho. http://youtu.be/KgTQckpl79Q

Editorial Julho/ Agosto/ Setembro de 2012

Texto de Joanilson Rodrigues

As ofertas de Araúna: Atalhos perigosos da Fé.

“Porém o rei disse a Araúna: Não, mas por preço justo to comprarei, porque não oferecerei ao SENHOR meu Deus holocaustos que não me custem nada.

Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata.

E edificou ali Davi ao SENHOR um altar, e ofereceu holocaustos, e ofertas pacíficas.

Assim o SENHOR se aplacou para com a terra e cessou aquele castigo de sobre Israel. ” ( II Sm 24:24-25)

__________________________________________________________

Meditemos também neste outro texto de introdução à mensagem

“ Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.

E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam. “Mateus 4:8-11

__________________________________________________________

Há poucos meses fiquei extremamente chocado com a morte de um tibetano na Índia que se imolou. O Homem colocou fogo no próprio corpo em protesto à visita do primeiro Ministro Chinês ao país. Sites Internacionais denunciam que cerca de trinta Tibetanos, a maioria no Sudeste da China, fizeram a mesma coisa no último ano. Desses, pelo menosvinte foram mortos devido à gravidade das queimaduras.

Depois de ver essa imagem chocante tirada por um fotógrafo da Agencia Reuters, procurei longamente pela Internet para ler alguma manifestação do Dalai Lama contra a atitude, mas não encontrei nenhuma. Fiquei triste e conclui, mesmo com as poucas informações que dispunha, que ele provavelmente aprova esses sacrifícios já que eles são “em prol da causa tibetana”.

Há muitos líderes respeitados como ele que parecem se alegrar com o sacrifício de seus súditos, mas eles mesmos são incapazes de erguer sequer com um dedo a carga que impõem a outros.( Lc 11:46)

Jesus disse: “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.” ( Jo 10:11)

E podemos dizer: não o contrário…

Jesus Cristo, diferente de outros tipos de líderes, antes de pedir qualquer sacrifício, ele mesmo o fez em prol de toda a humanidade.

Satanás ofereceu para Jesus um atalho ao sofrimento que iria ter. Araúna ofereceu o mesmo ao rei Davi. Apesar da distância e do contexto das duas passagens bíblicas a resposta que Jesus deu a Satanás foi a mesma que Davi deu a Araúna: “Não oferecerei sacrifícios que não me custem nada“. Popularmente se usa o jargão que pessoas não dispostas a cumprir sua própria obrigação  gostam de “pedir esmola com o chapéu de outro”.

Vemos infelizmente muitos “apóstolos” modernos pedindo ao povo a mesma “eira, os bois e as madeiras” para o sacrifício que Araúna ofereceu ao rei Davi, mas que ele recusou.

Simbolicamente ali estava todo o trabalho de Araúna. A Eira era a terra em que ele trabalhava e cultivava para viver. Os bois com os carros eram usados para levar toda a produção e ele estava ali a oferecer tudo isso ao Rei para ser queimado em sacrifício ao Senhor. Aquilo representava muito para Araúna, mas poderia não significar nada para Davi se ele não pagasse o preço, ratificando o senso comum de que tudo o que é de graça não tem valor algum.

É fácil pedir sacrifícios a outros. É fácil fazer sacrifícios com os bens de outros. Davi era rei e Araúna um mero súdito, seria coerente o rei pensar em se apropriar de algo que pertencesse a alguém de seu povo, já que a “função” daquele homem seria de “servir” ao rei. Mas quando o sacrifício é feito com nossa própria carne, quando é a dor de nossos ossos que fazem a diferença para o que Deus pensa de nós é aí que começamos de fato a servi-lo e adorá-lo em Espírito e em verdade.

Da mesma forma, o sacrifício de Jesus ao pai não poderia ser feito com os bens  e reinos conquistados por Lúcifer. Satanás conquistou o mundo através de sua excelência em habilidade comercial, segundo o capítulo 28 do livro de Ezequiel, versículos 4,4,16 e 18. Jesus Cristo mesmo o reconheceu como “príncipe deste mundo” ( Jo 12:31; 14:30; 16:11) e disse que seu reino não era deste mundo ( Jo 18:36).

Podemos dizer, que Satanás conquistou “legalmente” o mundo das mãos dos homens a quem Deus havia entregue a governança deste mundo.( Sl 115:16) portanto foi o homem,e não Deus quem entregou o mundo a Satanás.

O Apóstolo Paulo procurava trabalhar a fim de não ser pesado a ninguém ( II Cor 11:8-9) ao mesmo tempo em que sempre houveram homens que fizeram “sacrifícios” a Deus  roubando a oferta de outros como os filhos do sacerdote Eli ( I Sm 2: 12-17).

A grande pergunta que faço a mim mesmo é: “O quanto estou disposto a pagar para servir a Deus?” Já fui perseguido por causa de minhas opiniões. Estar sem emprego ou sem perspectivas e ainda assim sorrir e oferecer sacrifícios de louvor ao Senhor  é algo que nos custa muito, mas custam muito menos do que o preço pago por Jesus na Cruz do Calvário.

Precisamos ter dignidade (não orgulho) para recusarmos as “ofertas de Araúnas” que surgirão no decorrer de nossas vidas. Jesus recusou a facilidade vinda de Satanás de conquistar reinos sem sofrimento e sem dificuldade alguma.

Davi recusou a facilidade das ofertas grátis de Araúna para o sacrifício que deveria ser seu e não de seus súditos.

Certa vez, o mesmo rei Davi teve o desejo de beber água que saia da cisterna de Belém, sua cidade natal, mas a cidade estava tomada pelos filisteus, um povo inimigo. Apenas ao ouvir Davi sussurrar que queria beber daquela água, três de seus valentes amigos quiseram presenteá-lo secretamente com esta água e foram sozinhos no arraial inimigo e pegaram desta água, correndo risco de morrerem ao tentarem agradar a o rei, seu amigo. Quando por fim retornaram com a água e a ofereceram a Davi, leia nas escrituras o que aconteceu e diga sinceramente se você faria o mesmo: “Davi disse: Guarda-me, ó SENHOR, de que tal faça; beberia eu o sangue dos homens que foram com risco da sua vida? De maneira que não a quis beber; isto fizeram aqueles três poderosos. 2 Samuel 23:17″

Lágrimas caem dos meus olhos ao escrever estas palavras porque sei o quão raro é quem não aceite que outros paguem pelo sacrifício que deve ser seu. É o prêmio que Balaão buscou e que Eliseu não aceitou de Naamã. (Nm 22 e II Rs 5)

Dalai Lama parece aceitar que Tibetanos o façam, mas no cristianismo, devemos cada um de nós estar disposto a morrer sim pelo evangelho, mas nunca pedir ao outro que o faça em nosso lugar.

Há alguns anos ouvi a comovente história de um Campo de Concentração Alemão na segunda Guerra Mundial do qual fugiram alguns prisioneiros, por isso em seus lugares outro tanto deveria morrer. Um dos prisioneiros, pegos aleatoriamente para morrer, disse a seguinte frase: “Coitado dos meus filhinhos…” Ao ouvir o homem, um senhor idoso pediu ao soldado que trocasse de lugar com ele. O Soldado perguntou se ele tinha noção do que pediu, já que se tratava de uma sentença de morte, ao que ele respondeu afirmativamente. Ele passou cerca de quatorze dias somente com a cabeça para fora e o resto do corpo enterrado. Como ele era acostumado a orar e jejuar, foi o último dos prisioneiros a morrer, seu nome, Maximiliano Kolbe, um padre católico.

Tenho pensado retumbantemente nesta frase de Davi: “Não oferecerei ao senhor sacrifícios que não me custem nada“. Ela continua soando no meio da dor e do deserto por onde passo.

No livro do Russo  Fiódor Dostoevsky, ”Os irmãos karamazov”, há um diálogo  que quer por em cheque o sacrifício do Senhor e de todo o cristianismo no qual um “bispo” discute hipoteticamente com o próprio Jesus dizendo que ele deveria ter aceitado o “atalho de sofrimento” oferecido por Satanás em sua tentação, assim os cristãos não teriam que padecer coisa alguma, pois sofrimento algum viria sobre os milhares e milhares que morreram para espetáculo das nações.

Parece óbvio para muitos que a oferta de Araúna (assim como a de Satanás) pareça ser bem razoável, mas na verdade é uma grande cilada. Davi não aceitava o sacrifício feito por outros. Era uma questão ética e um ponto indiscutível para ele.

Sacrificar ao Senhor com algo que nos custe é algo que está muito além das ofertas em dinheiro que muitas igrejas pedem atualmente. Jesus mesmo disse que essa oferta é a mais fácil, pois se trata daquela que nada nos custa. Ele Fez essa declaração ao dizer que a viúva pobre ofertou muito mais do que os ricos fariseus.( Lc 21:3)

O quanto custou para a viúva oferecer ao visitante Elias a última porção de farinha e azeite para um pão que seria para ela e seu filho abdicando da própria sobrevivência?  (1 Rs 17:12) Podemos dizer que isso ” não lhe custava nada? ” Certamente que não, pois lhe custaria a sua própria vida e a de seu filho!

A salvação é individual. Nossos sacrifícios também. Eles nos custam, mas nos alegram na medida em que nos aproximam mais e mais do Senhor, da sua justiça e bondade.

Que Sejamos mais parecidos com Davi em oferecer ao Senhor coisas que nos custem mesmo, como o Tempo dedicado à oração, dedicação à leitura bíblica, solidariedade aos pobres em orfanatos, abrigos e asilos, atenção a nossa família, atenção aos necessitados em nossas igrejas e comunidades,  abrir mão de algum momento de lazer para servir alguém como o bom samaritano da parábola que Jesus Contou em Lucas 10:29-37.

Quero finalizar este editorial perguntando a você o que o Espírito Santo tem perguntado a   mim: O que te custa nesta vida e que você não costuma abrir mão? Do que você não está disposto a abrir mão nem mesmo para agradar ao Senhor? Do fundo do coração você tem dito como Davi: Não oferecerei ao Senhor holocaustos que não me custem nada?

Fique na paz do Senhor!

Texto de Joanilson Rodrigues

Seja muito bem-vindo ao nosso site!

O número de visitas diárias ao nosso site continua crescendo, ao mesmo tempo em que voltamos a postar novas Pregações em Áudio.

Deus tem nos movido para postar mais  e mais mensagens de Fortalecimento Espiritual.

Como disse o Apóstolo Paulo “temos apreço por vós e não pelo que é vosso”. Compartilhamos gratuitamente o que recebemos do Senhor, mas há certamente um ético e importante aspecto de contrapartida que não pode ser ignorado. O profeta Jeremias disse “Ai daquele que edifica a sua casa em ricos aposentos…. que se vale do trabalho do seu próximo e não lhe remunera  pelo serviço realizado...”  ( Jeremias 22:13-14).

Por isso, peço somente para aqueles que tem sido abençoados com este meu ministério que o abençoem também se puderem.

Visite a seção “Doações” e saiba como contribuir para este humilde ministério.

Se desejar aconselhamento ou oração entre em contato conosco. Fique na paz de Jesus!Assista a este edificante vídeo da Mensagem pregada na igreja Tabernáculo de Deus na Cidade de Santo André: Como Obter Força Para vencer os problemas e dificuldades na Vida_ Série “Vencendo a Depressão”. Seja edificado com este vídeo e edifique a outros divulgando-o. Para assistir visite a seção “vídeos” em nosso site ou clique na imagem abaixo.

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Disse Jesus: “Mateus 25  34   Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;  35   porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;  36   estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.  “

AGRADECIMENTO

Muito obrigado pelos mais de 100 mil acessos!

__________________________________________________________Música para eventos

A todos os amigos que amam a minha música. Peço, se possível, a gentileza de compartilharem entre os seus amigos no Facebook este vídeo sobre meu trabalho musical pois em muito me ajudará. Desde já meu muito, muito obrigado mesmo, do fundo de meu coração, aos que divulgarem este humilde trabalho. http://youtu.be/KgTQckpl79Q

Editorial Abril/ Maio/ Junho de 2012

Texto de Joanilson Rodrigues

 A nossa imperfeição e a questão analógica entre o táxi e o ônibus

Sabemos que o mundo vive um individualismo muito grande desde que o homem surgiu na terra. A maioria parece entender que dividir seja um atentado à sobrevivência, por isso, entende-se  como sendo algo “natural” que o homem se preocupeprimeiramente consigo e depois com os demais. Entretanto não é isso o que acontece na prática, pois a linha limítrofe para separar a sobrevivência pessoal do auxílio e preocupação com o outro há muito deixou de existir.

Pode ser que muitos imaginem que estou falando de dinheiro, mas essa omissão e negligência com o outro vai muito além do dinheiro, ela abrange sobretudo aadministração do tempo que dedicamos às pessoas e verdadeira manifestação de nosso amor por elas. Refletindo sobre isso, escrevi um texto para tentar mexer com a insensibilidade, frieza e quase crueldade que acometeu muitos cristãos nesses dias em quea iniquidade cresce e o amor de muitos esfria.

O texto pode ser lido na seção “Artigos”  e se chama ” A verdadeira manifestação do amor e o trem da vida “.

Um cristianismo de “meia tigela” parece ter se espalhado como uma praga e os pseudos cristãos, se não atentarem gravemente, em breve estarão classificados no rol de “falsos irmãos” relatados por Paulo nas sagradas escrituras pelo menos por duas vezes. ( II Coríntios 11:26 e Gálatas 2:4)

Tenho ficado estupefato com o desconhecimento de muitos sobre o caráter e justiça divina. Conceitos absolutamente imaturos sobre a própria personalidade de Deus, claudicando em visões monocromáticas ante a riqueza de cores primárias e secundárias da justiça divina.

Deus é amor, mas também é justiça. Esta infeliz singularização de que Deus só é amor, reduz a visão de cristãos outrora tão inteligentes em escravos de aparências e superficialidades.

Há uma palavra em áudio em nosso site que medita sobre o Castigo ou não de Deus. Ela foi ministrada no ano de 2008 e vale a pena ouvi-la porque ela sempre se mantém atual. Se desejar, basta clicar na imagem abaixo e ligar o som para ouvir.

A revelação profética e Os “Cinco cegos”

É aquela velha história dos cinco cegos e o elefante:

Cada um dos cinco cegos foi posicionado em uma parte diferente do elefante e foi pedido a cada um deles que definisse o que era um elefante a partir daquilo que tateava.

Um cego, o primeiro, abraçado à enorme perna do elefante o definiu assim: “Elefante é algo semelhante à coluna de um templo.”

Outro que tocava a tromba disse:  ”Elefante é algo semelhante a uma enorme cobra. Talvez tenha as dimensões de uma sucuri, uma jiboia ou uma Piton.”

O terceiro, tocando a cauda, disse: “Elefante é algo fino semelhante a um grande cipóou uma corda.”

O quarto cego que segurava a orelha do animal disse: “Elefante é algo que se assemelha a um enorme leque de abanar“.

O quinto e último cego afirmou com certeza: “Elefante é uma enorme montanha que se eleva entre o céu e a terra“….

A Correlação entre a história dos cegos e abrangência do conhecimento profético

Paulo afirmou que “imperfeitamente conhecemos e imperfeitamente profetizamos…”

“Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.” 1 Coríntios 13:9-12

Os mistérios de Deus são muitos, por isso, naquilo que ele nos revela podemos nos perder se não amarmos profundamente a sua palavra e nos aprofundarmos de corpo e alma nela.  Toda profecia tem que ser julgada segundo o padrão de I Coríntios 14 (edificar, exortar ou consolar) no entanto, o julgamento das profecias tem se dado por aparências superficiais e julgamentos rasos.

A bíblia nos ensina a não menosprezar as profecias ( I Tss 5:20-21). O próprio senhor Jesus Cristo, quando contou a parábola do rico e do Lázaro nos ensina que além da palavra de Deus, devemos valorizar o que os profetas do Senhor nos trazem: “ Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite. “Lucas 16:31

O  povo peca por falta de conhecimento e muitas vezes também por achar que tem excesso dele, conhecendo somente parte da letra, como os fariseus no tempo de Jesus também o faziam. “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento.”Oséias 4:6

O maior perigo não está entre os ímpios e ateus, mas sim entre os falsos cristãos que são tipificados nas figuras dos fariseus, do sacerdote e levita na parábola do bom samaritano e de religiosos como o Jovem rico a quem Jesus mandou vender todos os seus bens e segui-lo… Infelizmente foram pessoas “religiosas” que mataram Jesus.

Pessoas que antes conviveram com ele foram incapazes de reconhecê-lo após a sua ressurreição como os discípulos de Emaús que não reconheceram nem a sua voz, nem a sua aparência.

Hoje muitos fazem o mesmo com as palavras do Senhor dita em nossos dias. Por isso, vivemos hoje o período profético de Jeremias, que obviamente viveu muitos séculos antes de Cristo e não voltará de forma alguma… Mas vivemos a mesma resistência que este profeta teve em seu sofrido, ultrajante e humilhante ministério como nenhum outro profeta viveu. Convido você a ler estes dois artigos sobre o seu ministério:

1. O Ministério profético de Jeremias e 2. A dureza da Cerviz

A igreja não é um táxi, é um ônibus. Esse foi um tratar que ouvi de um pastor da assembléia de Deus de São Mateus. Infelizmente tem sido assim mesmo: cada um por si e Deus por todos… Mas o dia do Julgamento de Deus sobre seus filhos se aproxima a galope. Santifiquemos nossas vidas. Santifiquemos nossas palavras, pensamentos e atitudes porque a salvação é individual e cada um será julgado por duas coisas:

Por suas próprias palavras ( Mateus 12:37) e por suas obras ( Apc 2:23/ Apc 20:13/Mateus 16;27).

Texto de Joanilson Rodrigues

Texto de Joanilson Rodrigues

“Mas, se alguém não cuida dos seus, e principalmente dos da família, negou a fé, e é pior que o incrédulo” ( 1Tm 5:8 )

Como é difícil, amados irmãos, vermos nestes dias pessoas cristãs que saibam o verdadeiro significado da palavra Responsabilidade.

No livro “O pequeno Príncipe” o menino aprende que “cativar” é tornar-se responsável por tudo aquilo que se cria laços.

No entanto, as pessoas cristãs, cada vez mais se assemelham aos “não-cristãos” porque começam e terminam relacionamentos como quem troca de roupa, quebram alianças como quem mudou de idéia quanto ao que ia comer em uma lanchonete, duvidam de verdades bíblicas que dizem que “de toda palavra inútil que os homens disserem, terão que dar conta no diz do juízo”(Mt 12:34-37)

Jesus curou dez leprosos, mas destes, somente um voltou para agradecer. Eu diria que os outros nove foram Irresponsáveis.  Sim, irresponsáveis, pois para mim a irresponsabilidade, embora não se limite a ela, passa sempre pela ingratidão (não reconhecer que recebeu um benefício imerecido, por pura graça).

Os pais do cego de nascença, relatado no capítulo 9 do evangelho de João, a quem Jesus curou a vista , não estavam nem um pouco preocupados com a cura de seu filho, mas preocupavam-se sobre se iriam ou não serem expulsos da sinagoga… Essa é uma relação irresponsável com Deus que confesso: ainda não entendi completamente!

Se buscarmos no texto do evangelho de João não encontraremos uma só palavra de agradecimento deles a Jesus por ter curado o seu Filho. Filho deles! Ao Contrário, estavam preocupados consigo mesmos e se seriam ou não serem expulsos da sinagoga.

Hoje, há maridos cristãos que não terão suas orações respondidas por Deus simplesmente porque não sabem (ou não se lembram) do que está escrito em I Pedro 3:7

É realmente muito triste ver isto diariamente! Fazer o bem deveria ser a obrigação de todos, mas em especial dos Cristãos e sobretudo com os de sua própria família: Honrar pai e mãe, amar e respeitar o cônjuge, não irritar os filhos…

O Carnaval se aproxima e com ele uma leva de irresponsabilidades. Irresponsabilidades afetivas, Irresponsabilidades de trânsito, com bebidas alcólicas, de discussões e brigas em festas… e de tantas outras coisas….

Infelizmente, se não nos tornarmos responsáveis voluntariamente, seremos responsabilizados forçosamente, por Deus ou pelos homens.

É… Todos temos responsabilidades… um dia teremos que prestar conta sobre o que fizemos com ela a Deus e aos homens.

A terceirização da Responsabilidade

Outro Aspecto importante para falarmos sobre responsabilidade é a terceirização dela.  É um assunto delicado e a sua interpretação pode ser ambígua, por isso devemos olhar com cuidado para o assunto. Alguém que não pode ser missionário na Africa, Índia ou qualquer vilarejo pobre do nordeste, pode , por exemplo, financiar missionários para irem onde ele não pode ir. Isso é legítimo.

Mas conheço pessoas milionárias que acreditam que podem pagar a sua presença na vida dos filhos comprando presentes caros ou viagens para eles, pois não sabem distinguir nem administrar o que é urgente do que é importante ou circunstancial. Falo disso em várias de minhas palestras.

O filme Click é um bom exemplo do que a terceirização da presença pode produzir na vida das pessoas.

O Sonho de muitos é transferir a sua responsabilidade  de cuidar e criar laços para terceiros. Assim confiam aos cuidados de outros, os filhos pequenos ou os pais na velhice.

Como disse, em alguns casos, isso é legítimo, mas em outros não, é uma mera transferência que não pode ser paga com dinheiro. Quem vai julgar isso? Só Deus. Porque a ele não se engana e nem se compra. Deus não se deixa escarnecer e nem é feito de tolo por aquele que peca ou erra por pensamentos, palavras, atos ou omissões.

E quando nos tornamos responsáveis? Quando a responsabilidade é nossa e não pode ser transferida? Quando alguém próximo a nós está necessitando de nossa ajuda. Veja o sentimento do sacerdote e do Levita na parábola do bom samaritano. Quando viram o um homem caído na estrada pensaram: ” Alguém deve cuidar deste pobre coitado. Eu é que não serei, pois tenho outras prioridades!”… Assim “terceirizaram” uma responsabilidade que seria sua.

O fato é que há uma responsabilidade que é intransferível e Deus, para testar o nosso caráter, vai cobrar  de nós, se passamos tempo verdadeiro e de qualidade com nossos filhos quando eles são pequenos ou com nossos pais quando forem idosos ou se tentamos “terceirizar” essa convivência até mesmo com nosso cônjuge.

O amor verdadeiro assume a responsabilidade do filho que vai nascer ou dos pais que vão morrer. Nosso Senhor nos capacita a viver esse amor. Só mesmo ele aperfeiçoa o nosso caráter e a responsabilidade não é mais um peso, mas sim uma alegria, um sentimento de privilégio.

Para quem quiser se aprofundar neste assunto, sugiro minha palestra abaixo.

Fiquem na paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Joanilson Rodrigues

O número de visitas diárias ao nosso site continua crescendo, ao mesmo tempo em que voltamos a postar novas Pregações em Áudio.

Deus tem nos movido para postar mais  e mais mensagens de Fortalecimento Espiritual.

Como disse o Apóstolo Paulo “temos apreço por vós e não pelo que é vosso”. Compartilhamos gratuitamente o que recebemos do Senhor, mas há certamente um ético e importante aspecto de contrapartida que não pode ser ignorado. O profeta Jeremias disse “Ai daquele que edifica a sua casa em ricos aposentos…. que se vale do trabalho do seu próximo e não lhe remunera  pelo serviço realizado...”  ( Jeremias 22:13-14).

Por isso, peço somente para aqueles que tem sido abençoados com este meu ministério que o abençoem também se puderem.

Visite a seção “Doações” e saiba como contribuir para este humilde ministério.

Se desejar aconselhamento ou oração entre em contato conosco. Fique na paz de Jesus!

Nestes últimos meses tenho lidado com a difícil situação de saúde de meu sogro. Peço a todos orações por ele e por mim.

Peço desculpas aos irmãos que não puderam contar com minha assitência ministerial de costumeiro apoio e conselho por conta do montante de cuidados que tive que dispensar à minha família e em especial a sdelicadísssima saúde de meu sogro.

Colocamos à disposição de todos o vídeo com a mensagem do Frei Católico Marcus Vinícius sobre o verdadeiro ecumenismo cristão.

A nossa luta é enorme, mas continuamos crendo em Deus e esperando nele o livramento de todas as coisas.

O número de visitas diárias ao nosso site continua crescendo, ao mesmo tempo em que voltamos a postar novas Pregações em Áudio.

Deus tem nos movido para postar mais  e mais mensagens de Fortalecimento Espiritual.

Como disse o Apóstolo Paulo “temos apreço por vós e não pelo que é vosso”. Compartilhamos gratuitamente o que recebemos do Senhor, mas há certamente um ético e importante aspecto de contrapartida que não pode ser ignorado. O profeta Jeremias disse “Ai daquele que edifica a sua casa em ricos aposentos…. que se vale do trabalho do seu próximo e não lhe remunera  pelo serviço realizado...”  ( Jeremias 22:13-14).

Por isso, peço somente para aqueles que tem sido abençoados com este meu ministério que o abençoem também se puderem.

Visite a seção “Doações” e saiba como contribuir para este humilde ministério.

Se desejar aconselhamento ou oração entre em contato conosco. Fique na paz de Jesus!

Ouça o Estudo Bíblico de minha amada esposa Marília Rodrigues. Para quem precisa aprender a perdoar é uma palavra que irá ao encontro do teu coração e Deus certamente falará com você.

 

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Assista a este edificante vídeo da Mensagem pregada na igreja Tabernáculo de Deus na Cidade de Santo André: Como Obter Força Para vencer os problemas e dificuldades na Vida_ Série “Vencendo a Depressão”. Seja edificado com este vídeo e edifique a outros divulgando-o. Para assistir visite a seção “vídeos” em nosso site ou clique na imagem abaixo.

 

Assita também ao

Show Beneficente de Joanilson Rodrigues para Idosos do Programa de Atenção ao Idoso do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (PAI) próximo ao Natal e Ano novo trazendo conforto através da boa música que atravessa décadas.

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então agradeça a Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da Generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

LEMBRETE

Lembramos que não ficamos de posse de nenhum de seus dados, pois toda doação é feita diretamente ao PAGSEGURO e a quantia que você nos doar, só nos será repassada por eles após 14 dias de sua efetuação, quando expira o prazo para cancelamento de doação.

Você não conhece o PAGSEGURO? É uma empresa da UOL  e é totalmente confiável na qual você poderá fazer a sua doação sem receio algum, pelo método que melhor lhe convier, mas se desejar mais informações prévias sobre o seu funcionamento e idoneidade antes de efetuar a sua doação, por favor acesse as seguintes páginas:

1- PAGSEGURO em português:    https://pagseguro.uol.com.br/sobre_o_pagseguro.jhtml

2- PAGSEGURO in English:

https://pagseguro.uol.com.br/en/how-it-works.html

Disse Jesus: “Mateus 25  34   Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;  35   porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;  36   estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.  “

Ouça o Estudo Bíblico de minha amada esposa Marília Rodrigues. Para quem precisa aprender a perdoar é uma palavra que irá ao encontro do teu coração e Deus certamente falará com você.

   

Assista a este edificante vídeo da Mensagem pregada na igreja Tabernáculo de Deus na Cidade de Santo André: Como Obter Força Para vencer os problemas e dificuldades na Vida_ Série “Vencendo a Depressão”. Seja edificado com este vídeo e edifique a outros divulgando-o. Para assistir visite a seção “vídeos” em nosso site ou clique na imagem abaixo.

 

Assita também ao

Show Beneficente de Joanilson Rodrigues para Idosos do Programa de Atenção ao Idoso do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (PAI) próximo ao Natal e Ano novo trazendo conforto através da boa música que atravessa décadas.

Disse Jesus: “Mateus 25  34   Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;  35   porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me acolhestes;  36   estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me.  “

Você foi abençoado com o que recebeu nesta página? Então primeiramente agradeça e Deus e compartilhe com outras pessoas, para que elas sejam abençoadas também!

Se puder, abençoe nosso Ministério, o qual não é financiado ou patrocinado por nenhuma igreja, por isso, dependemos da generosidade de corações como o teu.

Agora você pode ajudar o Ministério ” Joanilson Rodrigues e Marília Rodrigues ” com Depósito  PAGSEGURO do UOL, que é  uma empresa confiável para pagamentos Nacionais e Internacionais.

Você pode escolher a melhor forma de fazer a sua doação (de qualquer valor) de qualquer lugar do mundo:  Cartão de Crédito – Cartão de Débito – Boleto Bancário. Basta clicar na imagem abaixo e seguir as instruções.

Caso não queira doar pelo PAGSEGURO, por favor,  visite a seção Doações.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s